Postagens

Mostrando postagens de 2017

Feriado de 12 de Outubro

Imagem
Não confunda com o dia das crianças. Para nós católicos o dia 12 de outubro é feriado nacional pela comemoração da padroeira do país, Nossa Senhora Aparecida. Antes que algumas pessoas façam objeções de cunho religioso ou não, alegando a forte influência da Igreja sobre a nossa vida cotidiana, vejo, na minha opinião, um outro lado desta linda história, o fato histórico. Apesar da recente apreciação como santa em 1904 por Decreto papal e pela instituição oficial da data por decreto em 1980 pelo governo Figueiredo, a história é muito antiga e remonta o século XVIII. Não vou aqui contar a história por trás da imagem, mas é inegável a sua importância em todo o brasil. Trata-se de nossos costumes e nossas crenças. Precisamos preservar nossas tradições e dar a devida importância para a história religiosa do nosso povo. Nossa senhora, simbolicamente representa também a família brasileira, aliás para muitos é considerada a mãe de todos os brasileiros. E cá pra nós, nunca na história esta inst…

Uma pequena reflexão sobre a origem do capitalismo

No século XI o Papa Urbano II conclamava num descampado na França o seguinte, depoimento de um tal Fulcher de Chartres, testemunha ocular:
“Deixar os que outrora estarem acostumados a se baterem, impiedosamente, contra fiéis, em guerras particulares, lutarem contra os infiéis… Deixai os que até aqui foram ladrões, tornando-se soldados. Deixai aqueles que outrora se bateram contra seus irmãos e parentes, lutarem contra os bárbaros como devam. Deixai os que outrora foram mercenários a baixos salários, roubem agora a recompensa eterna.”
Eram as primeiras cruzadas e apesar do fracasso da maioria delas, estes fiéis (os infiéis eram os mulçumanos) descobriram que no meio do caminho podiam adquirir muitas especiarias e revendê-las. No fim, as cruzadas eram pretextos para um novo tipo de classe que estava surgindo no mundo, a burguesia e, com isso, a origem do capitalismo.
Desde sempre existiram empreendedores, mesmo em épocas pouco prováveis, com adversidades incontáveis, sempre alguém enxergav…

O fim de um idiota

Imagem
Na minha fase de pré-adolescência eu cresci com o regime militar ainda instaurado no país. Engraçado que meu pai ou as pessoas ao redor do seu círculo de amizade jamais falavam mal ou difamavam o poder central naquele momento. Eu convivi com uma geração completamente diferente da que hoje eu vejo por aí na rua, anarquistas, baderneiros, sem falar da classe política, da mídia podre disseminando músicas pífias, novelas fomentando o homossexualismo, valorizando minorias contaminadas pela esquerda. O sentimento de pátria naquela época era infinitamente maior do que hoje. O respeito pelo símbolos nacionais, eram os  principais pilares na escola, pelo menos na minha. Depois que ingressei na universidade já na época pós Collor me deparei com pensamentos diferentes, pessoas que estavam distorcendo os nossos valores e eu não me dava conta, talvez pela infinita idiotice da juventude eu não enxerguei a  revolução intelectual silenciosa, que passava ao limbo de grande parte dos estudantes. Não co…

Clássicos

Imagem
No meio futebolístico de Ituporanga tem muitos contos e lendas, mas clássicos sobraram alguns. Da esquerda para direita: Reinert, Lorinho, Zildomar e Nicanor.
Foto: WSF