Ahparaneo no Facebook

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Ser papai!

Ser pai é legal, muito "massa", desafiador, educativo, perceptivo, inovador, gestor. Ser pai é ser amado por alguém que ainda não sabe falar, mas você sabe que ele quer muito te falar isso. Ele te olha e identifica a tua voz, sente a tua falta, logicamente sente mais a falta do leite da mamãe, mas dai seria muito desigual se houvesse alguma disputa afetiva, o vínculo que une mãe e  filho é insubstituível. Os dois se olham e já sabem tudo que vai acontecer nos próximos minutos e ele fica calmo como se todo o planejamento diário já tivesse sido traçado. Meu prazer não se resume apenas em pegar o meu filho no colo, ajudar a trocar fraldas e dar banho, meu prazer é ver os dois, mãe e filho juntinhos, como se fossem apenas uma pessoa, é ver ele dizer tudo sem falar nada, é uma comunicação pela visão e pelos sentidos e a mãe sabe todos os comandos sem ler uma única cartilha. A mãe sabe e sente tudo. Para o papai, basta estar ali, pertinho, exalando o seu cheiro, colaborando e obedecendo ordens. A recompensa é a alegria estampada nos dois rostinhos.

Dedico estas pequenas palavras a todos os recém-papais.

Buscar neste blog