Ahparaneo no Facebook

sábado, 1 de janeiro de 2011

Marinheiro de primeira viajem

Quando o homem fica sabendo que vai ser papai, definitivante as reações são completamente diferentes da mulher. O homem tem uma visão diferente da gestação, apesar de que hoje em dia a parte masculina ser muito participátiva em todo o processo. Há algumas semanas eu soube que minha esposa estava grávida, mais precisamente de 9 semanas e logo pensei no meu time de futebol.
Veja o amigo leitor o quão insensível eu fui, pensando de imediato em escolher o time de futebol para o meu futuro filho ou filha. Logicamente a primeira preocupação da mulher é saber a saúde da futura criança, ver aquele pequeno ser se formando lá dentro do útero. O homem é mais sonhador e fica um pouco irracional. A mulher é mais realista e tem desejos concretos para o futuro filho. 
Apesar das diferenças e das prioridades que cada um pensa para o futuro filho, concordamos com 3 coisas até agora:
1. o time de futebol que ele vai torcer;
2. o planejamento financeiro para a educação e;
3. educá-lo na intenção prioritária de ser independente e forte.
É tanta coisa que vem na cabeça que dá vontade de instalar no cérebro um aplicativo que filtre prioridades. Eu fico pensando como vai ser o Brasil e o mundo daqui a 15 ou 20 anos. Será que o livro de papel vai acabar e meu filho não vai ter o prazer de folear um? Será que o nosso país vai realmente ficar melhor do que está hoje para viver e trabalhar?
Será que ele vai chegar a ver todo este verde que ainda temos? Essa natureza pujante e linda. Será que ele vai ter um melhor amigo ou amiga real? (que não seja virtual)
Eu não tenho as respostas, sou apenas mais um marinheiro de primeira viajem.
 

Ainda em 2010!



Atentar para a decepção do garoto na eliminação do Brasil na Copa da África, xingando Felipe Melo.

Buscar neste blog