domingo, 27 de maio de 2018

Protestos em Ituporanga

Um protesto pacífico, ordeiro, sem partidários e políticos querendo se aproveitar, gente trabalhadora, caminhoneiros exaustos de tanto trabalho e pouco resultado. Era o verdadeiro povo brasileiro, aquele que está de saco cheio do governo enorme, interruptor, inchado de gente e privilégios. O povo não é mais inocente como já foi há muito tempo, Sabe que que o verdeiro problema é o tamanho do estado e a alta carga tributária. Multas nas estradas (uma verdadeira indústria), altos pedágios, ICMS sobre o frete e sobre o valor da carga altíssimos, CIDE Combustíveis do Governo Federal. Enfim, não tinha político, porque para mudar eles vão ter que diminuir o tamanho do estado sem afetar a saúde e educação.

Quero ver governador com culhões para acabar com privilégios de cargos públicos, desembargadores e cargos com salários altíssimos, sem falar das estatais inoperantes. 





quarta-feira, 25 de abril de 2018

Os erros são os mesmos a mais de 2000 anos!



Estamos cometendo os mesmos erros a mais de 2300 anos segundo um dos maiores filósofos da história. Se estes erros são temporais? Não sei a resposta. É da gênese dos homens gostar  das coisas que não são importantes? Se não é, por que isto está na natureza do ser humano a mais de dois milênios?
Será que Aristóteles estava certo quando escreveu que “ é para obter o supérfluo, e não o necessário, que se cometem os grandes crimes.” 
Erramos mais sempre que são coisas que só servem para desejos pífios?
Somos gananciosos?
De um tempo para cá a sociedade está estranha, talvez doente. 

terça-feira, 17 de abril de 2018

Servidora de Ituporanga diz que ACT,s se acham a última bolacha do pacote



Um áudio muito claro que vazou nas redes sociais de servidora pública municipal de Ituporanga insuflando ou pelo menos tentando desagregar o servidor público, mostra claramente a petulância ingênua e covarde de pessoas que não dão a mínima para a educação e com o futuro do país. Gente que não honra o “servir”, que dá as costas ao educador e ao educando.

Quando ela diz que os professores ACT são a última bolacha do pacote ela erra feio na metáfora, aliás covarde, porque além da falta de respeito com um colega de trabalho, menospreza e separa a classe de professores.

Tipo nós e eles. Podia dar uma de Capitão Nascimento e “Pedir pra sair”.

segunda-feira, 16 de abril de 2018

As postagens mais visualizadas: